Buscando seu cartão...

Publicidade
Publicidade

Gerenciar seu próprio dinheiro não é tarefa fácil. Existem diversos fatores que devem ser levados em consideração na gestão dos seus recursos monetários, e o mau uso deles pode ocasionar em diversos problemas. Justamente por isso, uma educação financeira infantil de qualidade é indispensável para ajudar as futuras gerações a evitarem certos prejuízos econômicos pessoais.

Quanto mais cedo a criança tiver contato com o próprio dinheiro, mas habituada ela vai estar em tomar decisões importantes. Saiba mais!

O que é a educação financeira infantil

É um conjunto de práticas que busca ensinar princípios básicos de economia e gestão financeira para crianças.

Publicidade
Publicidade

A ideia é introduzir esse assunto tão importante de forma gradual, respeitando a faixa etária infantil.

A importância da educação financeira infantil

Uma Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), e divulgada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Seriviços e Turismo (CNC), constatou que em abril de 2022, 78,3% da população brasileira estava endividada.

Ao mesmo tempo que, outra pesquisa realizada pelo Ibope Inteligência, e divulgada pelo Portal do Investidor do gov.br, constatou que apenas 21% dos brasileiros tiveram acesso a uma educação financeira na infância.

Publicidade
Publicidade

Levando esses dados em consideração, é evidente que a falta de uma boa educação financeira infantil contribui significativamente para o endividamento dos brasileiros.

Incentivar essas atividades educativas pode ser extremamente benéfico para a sociedade, aprimorando o senso de responsabilidade e autocontrole financeiro desde cedo.

Além de permitir o desenvolvimento de hábitos econômicos mais saudáveis, a educação financeira pode ser pedagógica a respeito do valor do trabalho.

As consequências de uma má gestão financeira incluem soluções provisória e inviáveis, como:

  • Financiamentos descontrolados
  • Excesso do uso de cartão de crédito com juros altíssimos
  • Nome sujo na Receita Federal

Introduzindo educação financeira infantil na segunda infância

O ideal é que a educação financeira seja introduzida a partir do período chamado “Segunda Infância” (3 aos 6 anos).

Nessa idade, os indivíduos já conseguem se comunicar e expressar verbal e gestualmente.

As crianças já apresentam um contato social mais apurado, permitindo que o entendimento delas a respeito de questões financeiras seja mais fácil.

Como aplicar uma educação financeira infantil

A educação financeira infantil é papel tanto da escola quanto da família. Ambas desempenham funções diferentes na construção desse conhecimento.

Por parte da escola, é sempre interessante oferecer disciplinas extracurriculares que visam abordar esse tipo de assunto, com material didático inclusivo e adaptado para a realidade deles.

Já pela parte da família, existe uma série de práticas que podem ser realizadas visando uma educação financeira infantil de qualidade.

É a maneira ideal de desenvolver visões mais práticas do conhecimento, ensinando a criança a traçar metas e realizar planejamentos de acordo com suas economias.

Existem várias maneiras de adaptar a realidade da criança às responsabilidades que uma gestão financeira demanda.

Gestão participativa do dinheiro

É de extrema importância que você inclua seus filhos na gestão econômica de sua casa. Introduza a dimensão das despesas proporcionalmente ao entendimento dele.

Leve ao supermercado, ao shopping e mostre a eles quais recursos são necessários serem comprados mensalmente.

A gestão participativa do dinheiro é fundamental para que seus filhos não se tornarem alheios ao funcionamento da casa.

Mesadas e cofrinhos

Uma ótima maneira de incentivar as crianças a guardarem dinheiro é por meio de mesadas e cofrinhos.

O compromisso em conceder regularmente uma quantia pré-estabelecida entre você e seu filho, pode estimulá-lo a juntar dinheiro a longo prazo.

Dessa forma, a criança começa a aprender como traçar um planejamento financeiro para poder bancar seus próprios interesses.

Procure estabelecer um valor compatível com as demandas do entretenimento de uma criança, como brinquedos, idas ao cinema e outros programas infantis.

Jogos de educação financeira infantil

Existem muitos jogos, online ou de tabuleiro, que podem ajudar as crianças a entenderem como o dinheiro se relaciona com o cotidiano das pessoas.

Alguns dos mais famosos e reconhecidos, são:

  • Monopoly: Um clássico. Monopoly é um jogo de tabuleiro no qual o objetivo é obter riqueza e realizar negociações financeiras. O jogador é estimulado a entender como funcionam as negociações financeiras e como realizar uma boa gestão dos seus próprios recursos. Uma versão do jogo em formato digital também está disponível.

APERTE AQUI PARA BAIXAR O APP DO MONOPOLY NO IOS

APERTE AQUI PARA BAIXAR O APP DO MONOPOLY NO ANDROID

Monopoly

  • Dia de Mesada Turma da MônicaEsse jogo de tabuleiro exige que a criança a organize suas finanças para concluir os objetivos do tabuleiro. Estimula o raciocínio lógico e noções de matemática.

Dia da mesada turma da mônica

 

  • Administrando seu dinheiro: Um jogo de tabuleiro em que as crianças precisam lidar com diferentes desafios para se enriquecer. Exige que os jogadores saibam administrar seus recursos corretamente, a fim de terminarem a partida com saldo financeiro positivo. Estimula a organização e a economia de dinheiro.

Administrando seu dinheiro

  • Jogo da mesada: É um jogo competitivo no qual o jogador que sobreviver com mais dinheiro no final, vence. É perfeito para estimular negociações e economia de dinheiro.

Apps de educação financeira infantil

Confira os melhores apps para auxiliar na educação financeira de seus filhos

  • Tindin: Esse app tem o objetiva de gamificar o sistema de mesadas, tornando-o mais atrativo e lúdico para as crianças. Dentro do app você consegue criar missões personalidades para seus filhos, oferecendo o valor da mesada em forma de recompensas para a realização dessas tarefas. O jogador terá acesso a sua carteira digital, na qual ele poderá consultar o saldo obtido e trocar por produtos na “Loja de Desejos”. Além disso, a criança poderá assistir vários vídeos educacionais sobre finanças.

APERTE AQUI PARA BAIXAR O APP TINDIN NO IOS

APERTE AQUI PARA BAIXAR O APP TINDIN NO ANDROID

Tindin

  • nextJoy: O nextJoy é original do banco Next. A plataforma foi desenvolvida para as crianças poderem administrar seus próprios recursos financeiros de forma lúdica, através de interações com personagem da Disney! O responsável pode programar para que a mesada de seu filho seja depositada no dia desejado, além do sistema de recompensas pelas tarefas estabelecidas para as crianças.

APERTE AQUI PARA BAIXAR O APP NEXTJOY NO IOS

APERTE AQUI PARA BAIXAR O APP NEXTJOY NO ANDROID

nextJoy

 

  • Bankaroo: É um banco virtual desenvolvido para as crianças. A plataforma disponibiliza diversos recursos para seu filho poder administrar a mesada que você irá depositar na conta dele.

APERTE AQUI PARA BAIXAR O APP BANKAROO NO IOS

Bankaroo

Os impactos da educação financeira infantil no consumo consciente

Grande parte dos endividamentos da população brasileira se dá pelo consumismo desenfreado das pessoas. A falta de planejamento em compras de alto valor colocam as pessoas em condições extremamente ruins.

A ideia de implementar uma educação financeira infantil na base é evitar que as próximas gerações passem pelo mesmo problema.

Aprendendo a gerenciar seu próprio dinheiro de forma consciente, as crianças poderão desfrutar de uma vida muito mais tranquila no futuro.

Gostou do conteúdo? Aproveite para conhecer os melhores Apps de cashback em nosso site!